08 julho 2011

News

     Olá. Peço desculpas pela demora de mais de um mês pra atualizar, mas com havia dito, me sentia desaminada com o início lento do blog, e isso se juntou ao final de semestre, compromissos pessoais e isso me impediu de tudo. Mas realmente agradeço ao carinho dos últimos dos comentários; Não dá pra dizer como me sinto bem ao ve-los. E, agora de férias, responderei os comentários e atualizarei mais o Ventos e buscarei colocar algo novo sempre por aqui.
     Como eu havia dito, a área de Menu foi arrumada, agora, além do Perfil que foi atualizado, também acrescentei uma área de Contato e a em breve vou fazer um pequeno parágrafo sobre como surgiu o blog. Essa parte será atualizada conforme as idéias vierem. Se alguém tiver sugestões pode dizer.
      Me disseram que o personagem do Rei Branco é interessante, então no próximo post colocarei mais um poema sobre ele. Nesse post de hoje, deixarei apenas um poema que acho reflete bem a agonia de quem escreve [sejam poemas, contos, historias longas ou qualquer coisa] e gostaria de escrever mais. Espero que curtam e até a próxima! Beijos!

Presa num dia sem fim.
Escuridão, navalha
Nada que valha
Dentro de mim.
 
Não consigo me concentrar;
Desesperada fuga da realidade
Fuga de mim.
Busca da verdade,
De outro patamar.
Luto pra imaginar
Dia não e dia sim
Sempre um novo fado.
Canções tristes de ninar
Pra um coração quebrado.